Conheça mais sobre ações atuais na Dor Lombar


A Sociedade Americana de Medicina (American College of Physicians) publicou este ano (Annals of Internal Medicine) as mais novas recomendações para ações clínicas sobre o tratamento não invasivo da dor lombar.

Estas recomendações são pautadas nas melhores evidências científicas da atualidade e servem para que nós, clínicos, sigamos as melhores e mais eficazes ações para nossos pacientes. Destaca-se a preocupação de todo o Comitê Científico envolvido no projeto em estabelecer as melhores diretrizes pautadas em características que levam redução ou eliminação da dor lombar, melhora da função da coluna, melhora da qualidade de vida, redução da incapacidade no ambiente laboral, dentre outros aspectos.


Seguem algumas recomendações traçadas por este renomado grupo:

  • Prioriza-se ações não farmacológicas para o tratamento da dor lombar aguda ou subaguda, visto que este sintoma tem bom prognóstico tempo dependente e com técnicas específicas da Fisioterapia, dentre elas a terapia manual.

  • Para pacientes com dor lombar crônica, o tratamento também deve ser priorizado por meio de intervenções não farmacológicas, tais como exercícios, acupuntura, técnicas que busquem um relaxamento progressivo e redução de estresse (técnicas de relaxamento guiado, Ioga e Tai-chi), terapia cognitivo-comportamental e terapia manual (a qual no Brasil é realizada por Fisioterapeutas). Destaca-se também a identificação coerente de uma ação multidiciplinar para melhor tratamento destes pacientes.

  • Apenas para aqueles pacientes que estão em crises, com uma história de dor crônica, deve-se considerar o tratamento farmacológico com drogas antiinflamatórias não esteroidais como terapia de primeira linha, ou tramadol e duloxetina como terapia de segunda linha. Desta forma, estas diretrizes sugerem que os médicos sigam este formato de recomendação medicamentosa. Segundo as diretrizes, há pouca evidência de que opióides devem ser administrados para o tratamento da dor aguda, subaguda ou crônica lombar. Estes medicamentos podem gerar grandes riscos de vício e overdose acidental.

Vamos investir em boas recomendações! Vamos seguir ações atuais!

O Grupo Equality sempre seguirá atuais recomendações mundiais para o tratamento de seus pacientes, fique atento as nossas postagens e compartilhe boas orientações.

Leia mais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

Av. Cassiano Ricardo, 521, 1˚ andar

Jd. Aquarius - S. J. Campos, SP