Como melhorar a qualidade de vida dos idosos?

4 Jan 2017

 

A fase do envelhecimento é marcada pelas alterações fisiológicas progressivas no organismo, elas reduzem a capacidade de adaptação do idoso às atividades funcionais, afetando principalmente o equilíbrio, o que ocasiona maiores riscos de queda nesta idade.


Saiba que a queda no idoso é uma grande preocupação de saúde pública devido a sua alta prevalência, afetando drasticamente a qualidade de vida desta população, com geração de custos elevados com o tratamento destes pacientes.

 

Para se ter uma melhor ideia sobre o  quanto isto é preocupante, a cada ano, cerca de 30% dos adultos idosos com 65 anos ou mais de idade caem, resultando em US $ 30 bilhões gastos anualmente em custos médicos diretos e indiretos.

Nesta preocupação, a ciência tem nos mostrado que vários profissionais da área da saúde podem intervir na tentativa de mudar este quadro. Para isto, algumas diretrizes mundiais, como por exemplo as realizadas pela Associação Americana de Fisioterapia, auxiliam-nos a conduzir as melhores e mais eficazes ações na tentativa de minimizar os riscos destes acidentes.

Seguem aqui algumas destas importantes informações:

Os fisioterapeutas e educadores físicos devem fornecer uma avaliação individualizada que contribui para a identificação de vários fatores de riscos, que vão desde comorbidades gerais como osteoporose e cardiopatias, até funções específicas que como força e equilíbrio.

Nas ações, estes profissionais devem realizar:

1) Treinamento de força, equilíbrio e coordenação prescritos de forma individualizada, monitorados e ajustados as necessidades do idoso;

2) Treinamento de marcha monitorados por profissionais da área da saúde. Não há evidência de que o caminhar sem supervisão diminua o risco de queda, no entanto, está bem documentado que os programas de caminhada geram outros tipos de benefícios para à saúde;

3) Auxílio na correção de riscos ambientais, tais como adequação da casa para evitar obstáculos, como por exemplo tapetes que geram facilidade de queda;

4) Orientações do uso adequado do melhor calçado;

5) Acompanhamento de possíveis deficiências estruturais dos pés;

6) Intervenção educacional, com informação constante sobre os fatores de risco identificados na avaliação.
 

O Grupo Equality está preparado para ajudar! Contamos com uma completa equipe de especialistas na área de Fisioterapia e Educação Física, que estimula e motiva os programas de exercícios funcionais, visando à prevenção de lesões, a melhora da qualidade de vida e a preparação física, o que torna nossos profissionais diferenciados para o acompanhamento de idosos.

 

Fonte

Please reload

Leia mais
Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

Av. Cassiano Ricardo, 521, 1˚ andar

Jd. Aquarius - S. J. Campos, SP